segunda-feira, abril 07, 2008

Camisola Aran I / Aran sweater I

Comecei finalmente a camisola que prometera ao meu namorado há uns três Invernos. Escolhi um padrão simples, inspirado nos padrões Aran mas não excessivamente elaborado.

I finally started the sweater I promised to my boyfriend three winters ago. I chose a simple stitch pattern, inspired on Aran patterns but not too elaborate.




A mistura de padrões é suficiente para que o trabalho não seja monótono e ao mesmo tempo é rápida de tricotar. Vi um modelo no livro Vintage Knits que era ainda mais simples, consistia em duas filas de torcidos num fundo de ponto de liga, mas também achei demasiado simples. Eu penso que a escolha do padrão deve ser feita em função da lã: à semelhança desse modelo, a lã que eu estou a usar é escura e mesclada e acho que não favoreceria um padrão demasiadamente elaborado.
A propósito, o fio que estou a usar é o Ecowool da Rosários 4 (100% lã) cor 49.

The stitch pattern is quick and fun enough to knit without become boring. I saw a pattern in Vintage Knits book simpler than this one, only two cables in the middle of purl stitches, but I found it too simple. I think we must attempt yarn aspect when we choose the pattern: like that below, the yarn I’m using is dark and shaded and would not flatter a very intricate pattern.
By the way, the yarn I’m using is Rosários 4 Ecowool (100% wool) colour 49
.

Camisola Mason da Kim Hargreaves / Mason sweater by Kim Hargreaves (Vintage Knits)


Para verem os percalços que acontecem quando se está a trabalhar por nossa conta e risco (sem molde), eis o que se me deparou ao início:

When we are working on our own way (without pattern), we can have some mishaps, like I had just at the beginning of the work:



Adivinham? A peça mais pequena tinha o número correcto de malhas calculada a partir da amostra mas a peça maior é a que serve efectivamente ao meu namorado.
Repitam comigo: nunca ter medo de montar um bom número de malhas a mais porque os torcidos vão encarregar-se de encolher as medidas que tão bem calculámos.
É o que se chama aprender da melhor maneira. Apesar de ter sido chato descobrir o erro ao fim daquelas voltas todas, não foi em vão: de facto, com uma amostra daquelas eu não tinha um modo tão bom de confirmar a medida do padrão e recalcular as malhas...

Guess what? The littlest piece has the correct number of stitches calculated from swatch but the biggest piece is which really fits to my boyfriend.
Repeat after me: never be afraid to cast on some plus stitches because cables surely will go to shrink your measures.
It’s what I call learn by the better way… Although it was annoying to discover the mistake after all that rows, it was very useful, too: I wouldn’t have such a good way to confirm and recalculate pattern measures.

O primeiro desafio, e o mais importante, era começar...
Os próximos, e porque eu estou a trabalhar sem molde, serão o talhe das mangas e ombros e o decote em V.

First challenge, and more important, was begin...
Next ones, and because I’m working without pattern, should be shape shoulders and shape neck.

Etiquetas:

10 Comments:

Blogger Alexia said...

A combinação dos pontos é espectacular!
Que n.º agulhas estás a usar? Estás a usar agulhas circulares?
Qual a tua opinião sobre o Ecowool?
Desculpa fazer-te tantas perguntas, mas os teus trabalhos dão-me sempre vontade de saber mais, de aprender mais contigo,
Jinhos,
Celina, estás no Ravelry? Com que ID?

7/4/08 17:46  
Blogger Celina said...

Oi Alexia! Estás à vontade para fazer perguntas. Eu adoro responder e ensinar no que me for possível.
Eu pretendo fazer mais posts sobre esta camisola com mais pormenores, mas assim adianto-me já: estou a usar agulhas de metal de 5 mm (eles recomendam 6- 6,5 mm mas o meu ponto pede sempre agulhas mais finas) e circulares, sim, de 80 cm, que são as que eu gosto de usar para peças grandes como as camisolas. A lã Ecowool é muito agradável de tricotar apesar do seu aspecto rústico e esta em particular tem uns apontamentos de cor amarela, vermelha e verde que salpicam o trabalho (hei-de pôr fotos). Eu já tinha feito umas meias com esta lã nesta cor e gostei (aliás, foram para o meu namorado e foi ele que gostou e escolheu também para a camisola). Também tinha feito outras meias com outra cor de Ecowool e comprei outra cor ainda para fazer outras. As meias ganharam algum borboto nas zonas de maior desgaste mas isso acaba por ser inevitável quando se está a falar de lã. De resto, adoro esta lã.
Não estou no Ravelry e tenho de confessar que, apesar de ouvir falar, ainda não sei muito bem como funciona... Tu estás? Se eu entrar eu informo!

Beijinhos,
volta sempre que é um prazer.

7/4/08 19:51  
Blogger Tany said...

Bem, o modelo parece-me fantástico! Também prometi ao meu namorado uma camisola, mas confesso que ainda não passei da promessa. O dia só tem 24 horas e ultimamente tenho tido imensos problemas para organizar o meu tempo... Ai, ai!

Beijinhos, linda!

8/4/08 00:39  
Anonymous Ala said...

Cable sweater from Vintage Knits goes very nice!
I am sure your boy friend will be very happy to get it!
Warm hugs

8/4/08 20:20  
Anonymous Mamã Martinho said...

Oi Celina,

Grande desafio! A camisola está a ficar bem gira e a lã foi bem escolhida. Não te preocupes com os precausos, eles são necessários para aprender-mos. Sei perfeitamente bem como é fazer um trabalho sem molde, nem esquema, mas a verdade é que no final sentimo-nos bem mais contentes por o termos conseguido. Também estou agora a fazer um casaco para o Fábio todo saido da cabeça e acredita que ainda hoje (que tenho as costas quase prontas) é que me apercebi que não tinha ainda visto quantas malhas é que teria de rematar de cada lado para os ombros. Por isso não te sintas unica! Quanto ao Ravelry, bem eu estou lá assim como a maioria das tricotadeiras que conheces. Ele está organizado por várias categorias, desde foruns e modelos gratuitos, entre muitas outras coisas, por vezes nem eu ainda sei. Fazes lá falta, pelo menos na participação dos foruns. A inscrição demora algum tempo (pelo menos 1 semana se não mais), por isso inscreve-te e depois pensas sobre o assunto ;)

Bjs

Mónica

PS- Desculpa o testamento

9/4/08 14:42  
Blogger Ana Carina said...

Olá Celina!
Adorei o teu blog...vou adicioná-lo já aos meus blogs favoritos de tricô.
Eu também adoro fazer tricô e croché e na nossa idade...já é raro encontrar alguem que saiba fazer, não é?!
Gosto da forma como explicas os teus projectos, com amostras das malhas e o detalhe da execução!
Bem...vou aqui continuar a ver o teu blog...de uma ponta à outra!
Ah...quanto à camisola, eu sempre adorei torcidos! Está a ficar muito bonita.

Beijinhos e Obrigado pela visita

9/4/08 16:21  
Anonymous Anónimo said...

OI,Celina,tudo bem?Sou eu,Tânia,obrigada pelo convite do blog(por enquanto só tenho meias e cachecol feitos, e são tão simples...)mas gosto muito de olhar o que fazes,e principalmente aprender!Vou acompanhar esse seu ultimo modelo,pois tenho interesse em aprender a tricotar com agulha circular,será um trabalho feito sem emendas?Se for,será mais um mais um projeto,estou gostando de usar agulhas circulares,vou comprar tamanhos maiores....até mais ,um abraço!(gostei da cor da lã!)

10/4/08 00:03  
Blogger  said...

Gostei muito do modelo escolhido e da lã! Com certeza, seu namorado vai gostar muito :))
bjos

16/4/08 21:34  
Anonymous Anónimo said...

Boa noite, Celina.

Podes me enviar a receita usados nesta camisola(blusa) que fizestes para o seu namorado?

Moro aqui no sul do Brasil, em São José - Santa Catarina e está fazendo bastante frio, quero fazer uma destas para o meu filho de 19 anos( ele é magrinho).
Muito obrigada pelo pronto atendimento.
Beijos da Mone
mone_dob_sc@yahoo.com.br

1/5/08 00:46  
Anonymous Anónimo said...

Querida amiga,amo fazer croche;gostaria muito de ter modelos de cachecol com moldes.Amei os seus trabalhos.beijinhos.

29/5/08 02:39  

Enviar um comentário

<< Home