sexta-feira, maio 09, 2008

Montagem tubular / Tubular cast-on

Descobri há pouco tempo que não tinha a notificação de novos comentários activada, quando vi uma série de comentários mais ou menos recentes em postagens mais antigas. Num desses comentários uma visitante queria saber como se fazia a montagem tubular.
Achei interessante explicar aqui esta técnica, porque é uma montagem muito útil para dar aos canelados um acabamento mais resistente, elástico e profissional, sobretudo nas camisolas. Com algum atraso, aqui vai, espero que seja útil a quem mo solicitou (uma anónima que não deixou contacto) e a todas as tricotadeiras que ainda não conheçam.
Eu aprendi esta técnica a partir de uma revista Labores del Hogar de 1996, que por acaso tinha as instruções trocadas e me fez andar às voltas até conseguir chegar ao resultado final. Sei que pode haver pequenas variações mas esta é a maneira como eu faço e o resultado é garantido.

A visitor asked me about tubular cast-on. I thought it was interesting to explain this technique here, because it is a so useful method which provides a resistant, elastic and professional finishing to ribbings, especially those we use on sweaters. I hope this will be useful to everyone who doesn’t know yet. I learnt it from an old magazine which incidentally had instructions mistaken and it took some time until understand it. I know that may have slightly differences but this is the way I do and the result is guaranteed.

Montagem tubular
Tubular cast-on

1. Começa-se por montar metade das malhas pretendidas com um fio auxiliar de cor diferente. No final vamos obter o dobro das malhas montadas menos 1.
Exemplo: montei 12 malhas e no fim vou obter 23 (12x2=24 e 24-1=23).
Aqui temos as 12 malhas montadas com o fio auxiliar (rosa):

1. Using contrasting waste yarn, cast on half the number of required stitches for the ribbing. In the end, there will be the double amount of stitches minus one.
Example: cast on 12 st and you'll get 23 st (12x2=24 and 24-1=23).
Below 12 st with waste yarn (pink):




2. Tricotar uma volta em liga (tricô):
2. Purl one row:


3. Juntar o fio do trabalho (azul) e tricotar em meia:
3. Join the working yarn (blue) and knit next rows:


4. Tricotar 3 voltas em ponto de meia (jersey direito) com o fio do trabalho terminando numa volta de meia. Virando o trabalho ele apresenta-se do lado do avesso:
4. With working yarn work 3 rows in stockinette st finishing at right side. Turning the work it presents from wrong side like this:


5. Tricotar a 1ª malha em liga (tricô):
5. Purl the first stitch:

6. Passar o fio para trás do trabalho e apanhar a malha azul que se vê em baixo no meio das malhas rosa:
6. With yarn at the back of the work, pick up first blue loop in the middle of pink sts:

7. Passá-la para a agulha esquerda e tricotá-la normalmente em meia:
7. Bring the loop to left-hand needle and knit it normally:


8. Passar o fio para a frente do trabalho e tricotar a próxima malha da agulha esquerda em liga (tricô):
8. Bring yarn to the front of the work and purl next stitch from left-hand needle:




9. Passando o fio para trás do trabalho, apanhar outra malha de baixo, passá-la para a agulha esquerda e tricotá-la em meia:
9. Again, with yarn on the back of the work, pick up another blue loop, slip it to left-hand needle and knit it:



10. Continuar a tricotar até ao fim da volta, alternadamente, uma malha da agulha esquerda em liga (tricô) e uma malha apanhada em baixo em meia. No fim obtém-se 23 malhas:
10. Repeat until the end: alternately purl one stitch from left-hand needle and knit one loop picked up from the middle of waste yarn. In the end you will get 23 st:


11. Retirar o fio auxiliar e trabalhar o canelado como se apresenta.
11. Remove waste yarn and work the ribbing as it presents.


Com este método obtém-se um canelado com uma ourela igual à das peças tricotadas à máquina que se compram nas lojas.
With this method you get a ribbing edge equal to a machine-knitted one.

Etiquetas:

36 Comments:

Anonymous Anónimo said...

Oi,Celina,boa noite,que bom ter noticias suas!Espero que já esteja melhor do braço e das costas...otima sua explicação sobre o trico tubular,as fotos com explicação ficaram muito boas,e aqueles novelos,quanta suavidade!Os modelos mencionados são de uma delicadeza,alias,o seu blog inteiro é assim!Um capricho!Capriche na sua saúde tambem!Até mais,Tânia.

10/5/08 23:00  
Blogger Celina said...

Tânia, obrigada pela sua visita. Já estou melhor, de facto, e aos pouco eu retomo os meus trabalhos.
Volte sempre. Beijinhos.

11/5/08 13:10  
Blogger cardos said...

Obrigada Celina. Acabaste de fazer um excelente serviço público. Já me tinham explicado este método mas eu não tinha entendido bem. Com esta tua explicação vou já experimentar :)

11/5/08 15:03  
Blogger Ana Carina said...

Olá Celina,
Eu não estou muito por dentro dos termos de tricô (só sei fazer e alguma malhas básicas) e não sei se percebi bem o que é "tricô tubular"...eu entenderia como "fazer um tubo, com malhas todas seguidas sem princípio nem fim...
...não deve ser nada disto!
Será que me podes ajudar?

As fotos estão muito bem explicadas e com grande qualidade!

Beijinhos

11/5/08 18:20  
Blogger Celina said...

Ana: de facto, o tricô tubular pode ser entendido como tu dizes mas neste caso trata-se de montagem tubular e não de tricô tubular. Por acaso não sei porque é que tem este nome, porque não tem nada a ver com formar tubo, tricota-se em plano...
Esta técnica é para fazer a montagem dos canelados. Já viste a extremidade dos canelados das camisolas de compra? Compreendes melhor se pegares numa: não consegues ver a montagem das malhas e a beira do canelado é perfeitamente elástica. Pelo contrário, se usares uma montagem de malhas simples, consegue-se ver a linha da montagem e ela nunca é elástica. Com esta técnica consegue-se iniciar um canelado com essa beira “mágica” onde não se nota o princípio da primeira carreira de malhas. Fica mais elástico, resistente ao desgaste e profissional.
Espero ter-te conseguido esclarecer! Se não, não hesites em perguntar. De qualquer modo, quando terminar a camisola Aran hei-de pôr fotos a ilustrar isto.
Até breve.

11/5/08 21:22  
Blogger Ana Carina said...

Olá Celina,

Pois eu vi logo...de tubo não tem nada (ás vezes arranjam com cada nome!).

Eu tinha-me apercebido que deveria estar relacionado com aqueles canelados elásticos, tricotados em voltas alternadas de meia e liga, mas o "tubular" estava a fazer-me confusão.

Realmente o que se aprende no mundo dos blogs. Eu não conhecia esta tecnica (sempre fiz os elásticos normalmente) e a verdade é que a aurela fica sem elasticidade.

Muito obrigado Celina, pela tua explicação (não achas interessante a troca de experiências e conhecimentos? Eu acho uma coisa fantástica!)

Beijinhos

(ah já agora...para quando os 26 anitos, porque sei que está quase!)

12/5/08 11:56  
Blogger Celina said...

Ainda bem que ficaste esclarecida. Concordo contigo, uma das coisas boas dos blogues é permitir a partilha de conhecimentos e experiências, que faz todo o sentido.
Beijinhos

(os 26 são para o mês que vem, sou geminiana de Junho, dia 8)

12/5/08 12:20  
Blogger Sandra - Tricô e mais Tricô said...

Celina amei este tutorial de montagem tubular, e está muito bem explicadinho, fácil de entender. Parabéns e obrigada pela postagem.
Agora, sem querer abusar, um dia que vc tenha disponibilidade, vc poderia nos ensinar a fazer meias iniciando da ponta do pé? Eu estou enrolando para iniciar meia desta forma, e já olhei várias vezes o tutorial do knitty, mas estou tendo dificuldade, e como vi que este seu tutorial ficou o máximo, quem sabe vc poderia um dia fazer um para nos ajudar, quando tiver disponibilidade, é claro. beijos e obrigada novamente pela postagem.

12/5/08 13:41  
Anonymous Mamã Martinho said...

Que espetáculo! Ai está uma técnica que ainda não sabia, e bastante simples! Muito obrigada pela explicação!

Bjs

Mónica

12/5/08 14:01  
Blogger isabel said...

:)
Tb aprendi esta técnica na Labores del Hogar e tb tive que lhe dar a volta pq o esquema vem sp com o mesmo erro: iniciar as malhas do fio do trabalho em meia (e não em liga, como é lá indicado), senão a união não se faz n 4ª carreira, não é assim?
O que não fazia era a primeira carreira de liga no fio auxiliar...boa dica! ;)
Aliás, excelente tutorial!

Agora põe-te rija, pq não vale estar doente no dia de aniversário...

12/5/08 15:55  
Blogger Miriam Fabiano said...

Oi, Celina!
Que riqueza de detalhes esse seu blog! Estou adorando ler, apesar de ter que fazer aos pedacinhos... Obrigada pela visitinha, assim pude conhecer esse seu cantinho delicioso, do qual ja' comecei a aproveitar ideias...
Estou procurando enderecos de lojas de armarinhos em Portugal para um amigo comprar fios pra mim. Aqui nao temos muitas opcoes de fios bonitos, entao encomendo aos amigos que vem me visitar. Conhece algum endereco em Lisboa ou Castelo Branco? Ficaria bem feliz se pudesse me ajudar.
Beijinhos!

13/5/08 20:34  
Blogger Celina said...

Mónica: Fico muito feliz por saber que contribuí para o aumento do teu conhecimento "tricozístico".

Isabel: Além desse erro, eles dizem para tricotar as malhas da agulha esquerda em meia e as apanhadas em liga, ao contrário do que eu indico, e sei que na altura se fizesse como eles diziam não dava certo. Entretanto decidi trocar e cheguei a um resultado satisfatório. E já estou melhor, obrigada.

Miriam: Eu logo deixo a direcção de algumas lojas de fios em Lisboa no seu blogue.

Beijinhos a todas. Obrigada pelos comentários.

14/5/08 02:57  
Anonymous xana said...

Óptimo tutorial!

16/5/08 08:35  
Blogger Tany said...

Excelente! Vou guardar esta informação para utilização futira!

Beijinhos e obrigada!

16/5/08 11:49  
Anonymous Anónimo said...

Que primor sua maneira de explicar essa forma tubular de barra.Amei sua preocupação em transmitir o aprendizado para nós que te amamos. obrigada. deus te guie sempre.


bigluz_48@yahoo.com.br

29/5/08 03:25  
Blogger Rita said...

Adoei sua explica�o sobre o ponto tubular. Foi f�cil aprender. obrigado.

27/7/08 22:58  
Anonymous Anónimo said...

Ola Celina,

Parabéns pela explicação sobre a montagem da barra tubular, muito fácil de entender. Tudo de bom pra vc Muita Saúde e Sucesso

Bjs
Nice

15/9/08 23:44  
Blogger Alina said...

Este comentário foi removido pelo autor.

17/10/08 20:12  
Blogger Alina said...

Excelente tutorial, Celina. Muito obrigada por partilhar seus conhecimentos. Que o Pai te abençoe por isso....beijos.

17/10/08 20:15  
Blogger aleB said...

:)
A propósito do termo tubular...
Já repararam que depois de retirar o fio auxiliar côr de rosa, as "primeiras carreiras" (montagem) formam um tubinho?
E já agora, há uma técnica que permite rematar com o mesmo efeito... fica impecável tal como a montagem tubular (que às vezes também ouço chamar de "cós duplo)

E esta hem? também sei um pouco de tricô... ;)

Bj
Até à próxima

4/12/08 18:11  
Anonymous Anónimo said...

Olá Celina

Descobi o seu blog à poucos dias e estou entusiasmada com o que tenho lido. Até ja vou tentar este fim de semana fazer uma boina Urchin.
Após quase 20 anos sem fazer tricot.....
Esta tecnica que mostra da montagem tubular de malhas, sempre a utilizei mas sem a linha auxiliar, não sei se conhece essa tecnica.
De qualquer modo, parabens pelo blog e bons trabalhos.

23/1/09 12:34  
Blogger Nica Santos said...

Celina. Gostei muito deste post, e o usei em meu blog também. Eu já fazia esta barra tubular, mas de outra maneira e confesso que não ficava satisfeita, pois o resultado ficava muito repuxado. Parabéns, seu blog é lindo e esclarescedor e vou acompanhá-lo. Se quiser, me visite também: www.tramas100dramas.blogspot.com

6/3/09 10:50  
Blogger Nica Santos said...

Voltei. Depois de ler os comentários acima lembrei que no meu blog tem o acabamento que a AleB fala. É a gola elástica e se faz com costura em grafting em malha ( ponto de meia). Conheces?

6/3/09 10:53  
Blogger mm said...

Celina, gostei muito dessa montagem, faço gorros para bebes e crianças doentes e essa barra fica muito delicada.
Obrigada
Marcia

6/5/09 20:03  
Blogger Cecilia e Helena said...

Olá, gostei muito do seu blog. A explicação da montagem tubular está perfeita. Muito obrigada.
Cecilia.

http://quiltsareforever.blogspot.com/

22/5/09 02:35  
Blogger silvia said...

oi gostei muito do seu blog, mas posso perguntar como faço isso ao acabar a peça?
obrigada
Silvia

11/7/09 17:09  
Blogger maria madeira | antónio rodrigues said...

Descobri o blog numa pesquisa e de repente consegui aprender finalmente a montagem de malhas tubular. Muito bem explicado, o texto e as imagens são muito claros :)*

1/11/10 20:21  
Anonymous Vera said...

Oi Celina, acho que chama-se montagem tubular porque fica mesmo um "tubinho" na barra, onde até se pode introduzir um elástico, por exemplo. Penso que é por isso que se dá esse nome. Ótima sua aula. Abraços.

13/2/11 23:39  
Anonymous Patricia said...

Muito obrigada pela ajuda

22/2/11 12:18  
Blogger paulacostamelo said...

Essa barra e tudo de bom aprendi faz uns 20 anos. Gostaria de saber se você sabe arrematar com o mesmo resultado? ( feito com agulha de costura). Faz muito tempo que aprendi e não me lembro mais o arremate.
Obrigada.
Paula.

11/5/11 16:23  
Anonymous lucinda said...

Oi Celina!Parabéns por sua generosidade em nos presentear com esta dica. Você pode postar da mesma forma o acabamento em gola? Atenciosamente, Lucinda

24/5/11 14:03  
Blogger Unknown said...

Olá Celina, faz muito tempo que estava a procura desta forma de fazer a barra tubular.
Muito obrigada por ter postado e dividido conosco essa maravilha.
Abraços carinhos de Célia.

12/7/12 21:57  
Anonymous arlete said...

olá celina,a tempos tento fazer essa barra de outra forma mais nunca fica bom,agora com a sua explicaçao ficou muito mais facil,obrigada e parabéns bjks arlete

28/2/13 23:05  
Anonymous Anónimo said...

Olá Celina andava a procura de barra dupla e encontrei o seu blog ,recordei-me ao ver as imagens e a sua explicao obrigada. Ms agora gostaria de pedir um favor se nao for pedir muito porque já ando a meses a procura de como fazer este vestido para a minha netinha de 2 aninhos ,. Se me puder ajudar a me dizer como se faz este ponto agradecia lhe muito pode enviar a resposta para o meu email se desejar. anapinheiro42@hotmail.com
O vestido esta neste link , mais uma vez obrigada
http://salinhadocroche.blogspot.pt/2011/03/vestido-de-trico-para-crianca.html
Cumprimentos
Ana

4/7/13 22:50  
Anonymous Anónimo said...

Celina, muito obrigado pelo seu post, esta maneira de colocar os pontos é fantástica e pode ser aplicada também no tricô circular, o resultado é perfeito. Beijos.

25/7/13 13:04  
Blogger Suely de Fátima Rodriguês said...

Celina
Bom dia. Só para te agradecer!!!
Ontem passei a manhã toda tentando fazer essa montagem tubular, olhando dois livros de tricô diferentes, e não consegui.
Agora, com o seu passo-a-passo fiz em três minutos!!!Obrigada MESMO!!!Aproveito pra te convidar a conhecer meu blog - suely pinturas. Um abraço grande, Deus te abençoe!!!

11/11/15 13:05  

Enviar um comentário

<< Home