domingo, maio 16, 2010

Burda em português!

O acontecimento do ano: a Burda volta a ser publicada em português! Foi esta semana que os primeiros exemplares chegaram às bancas. A ver pelos comentários e pela quantidade de fãs na página do Facebook, muito antes da publicação, é de prever que haverá muitas portuguesas inspiradas daqui para a frente a pegar na máquina de costura! Portuguesas e não só, já que ela estará à venda também em Angola, Brasil e Moçambique! A Burda portuguesa terá ainda um site aqui.

Great news: Burda is being released in Portuguese again!



Para mim, que nos últimos anos tenho comprado a Burda francesa, é reconfortante voltar a ler a Burda em português. Os primeiros exemplares da Burda que comprei, nos anos 90, eram em português. Ficam aqui as capas das primeiras 3 revistas Burda que adquiri e que guardo desde essa altura. Boas memórias, a dos meus primeiros passos na costura:

Burda had been published in Portuguese once. My first Burda magazines, from 90's, were in Portuguese. Good memories, those of my first steps on sewing:

Por este exemplar fiz o meu primeiro vestido. Reparem que a confecção de cada modelo era ilustrada passo-a-passo com fotografias, óptimo para principiantes. (Actualmente continua a haver uma edição da Burda "Costura fácil", que sai 2 vezes por ano, com todos os modelos explicados passo-a-passo com ilustrações. Até 2008 saía em português como Easy Fashion, agora encontra-se em francês como "Couture Facile" ou espanhol.)
I made my first dress from this magazine. Explanations were illustrated with photos, great for begginers.

Pela primeira vez fiz tiras em viés, para as alças e para o decote. Apesar de algumas imperfeições de principiante, foi com muita satisfação que o usei nesse Verão de 1997!
Estes dois exemplares são de 1998:

E vocês, que memórias têm da Burda?

Etiquetas:

10 Comments:

Blogger Alessandra said...

Olá

Moro em São Paulo, Brazil. Seria possível você comprar a revista e me enviar pelo Correio? Eu enviaria à você o valor da revista e da postagem.
Obrigada!

17/5/10 03:36  
Anonymous Mamã Martinho said...

Bem, eu não tenho grandes recordações, pois nunca comprei. A verdade é que apesar de ás vezes me sentir entusiasmada, não sou mesmo "dada" à costura. No entanto a noticia é optima, pois de certeza mais pessoas vão tentar.

Bjs

Mónica

17/5/10 11:55  
Blogger Ana's Closet said...

É mesmo a grande novidade do momento!
Eu, da Burda, só tenho as memórias que estão no blog... mas confesso que tenho cá por casa umas burda da década de 80 ainda em português! Infelizmente não sei dos moldes, que hei-de encontrar quando menos estiver à espera.

Beijinhos

20/5/10 22:43  
Blogger Laura said...

Uma das melhores notícias que podia ter recebido, parece que vou passar a comprar a burda com muito mais frequência!

21/5/10 19:01  
Blogger Catarina said...

Olá,
fiquei contente com a notícia mas também um pouco triste. Não vi a revista portuguesa mas parece-me quer pela capa, quer pelos temas nela descritos, a tradução literal da espanhola que vi na banca ainda esta semana. A foto também é igual.
Entristece-me que o panorama editorial português se limite a isso. Já leram a Cuore? Outro exemplo. E o problema é que as traduções, às vezes são mal feitas...

22/5/10 20:16  
Blogger Celina said...

Catarina: Obrigada pela visita. De facto, a Burda portuguesa é a tradução da original alemã, à semelhança das suas congéneres francesa e espanhola. Mas sendo a Burda alemã a autora dos modelos originais e de todas as edições mensais, não se estava à espera que a edição portuguesa fosse mais do que isso, tal como a francesa e a espanhola também não o são.
Uma novidade é que, sendo uma edição portuguesa, traz pequenos artigos sobre criadoras e blogueiras nacionais, divulgando o seu trabalho. A principal vantagem será para quem não se sente à vontade com línguas estrangeiras, que vai conseguir compreender as instruções e por mãos à obra. Não tenho dúvidas que até agora, muita gente não se atrevia a costurar por não conseguir ler as instruções. Acredito que agora se atrevam a experimentar.
No futuro, quem sabe, haverá espaço para uma revista portuguesa original de modelos de costura, à semelhança da Patrones em Espanha? Para já, a Burda é um bom começo..

24/5/10 15:16  
Blogger Tany said...

Olá Celina! Quanto a mim já sabes que a Burda me traz recordações desde tenra idade, e tenho também esses exemplar que mostras de 98! Acho que é um passo muito positivo o facto de termos a nossa edição Portuguesa e pelo que vi, a tradução em termos técnicos está excelente, bastante superior por exemplo à edição em Inglês que contém muitas gafes.
Beijinhos!

28/5/10 08:42  
Blogger Catarina said...

Olá, Celina,
Como tinha dito, não tive acesso às revistas nem a Portuguesa nem a Espanhola. O meu juízo limitou-se à capa e aos conteudos nela descritos. Ao ser como contas, parece-me muito bem que a revista ajude a divulgar o que se faz por Portugal e que tenha em conta que Portugal é uma mercado cheio de possibilidades. Chateia-me um pouco que nos limitemos a ser invadidos por revistas de diversos países e não demonstremos o que se faz por aí. Daí o meu desabafo. Agora estou mais contente

29/5/10 14:26  
Anonymous Luiza said...

Olá Celina,

Eu cresci vendo pilhas do Burda em casa. A minha mãe costura muito bem e tudo o que costurava para mim e minha irmã era baseado nos moldes do Burda. Ela tem tudo guardado e é interessante, muitas vezes engraçado, ver como a moda muda ao longo do tempo. Tem os burdas dos anos 80 com as ombreiras por exemplo. E é interessante ver como muita coisa que já se usou acaba voltando. Vira e mexe estou procurando na Internet para saber se a revista voltará a ser vendida no Brasil. Minha mãe sempre me pede isso. Cheguei no seu blog por causa do tricô mas ao ler que o Burda voltará a seer publicado no Brasil fiquei imensamente feliz por minha mãe. Vou já telefonar e contar para ela.

Um beijo
Luiza

23/9/10 13:59  
Anonymous Anónimo said...

Oi Celina, amei seu blog, conhecer esta Revista Burla foi um presente.
Celina
artcel-artesanato
Vil Velha-ES-BRASIL

26/10/10 02:21  

Enviar um comentário

<< Home